Como aprender a viver sozinha??
 Madrasta, quando o homem da sua vida já tem filhos
 MADRASTA
 Madrastas e enteados
 Como aprender a viver sozinha??
  Registrar   Ajuda   Login

Tópico AnteriorTópico Anterior - Próximo TópicoPróximo Tópico
Tópico com 600 visitas e 8 mensagens
Autor
Tópico: Como aprender a viver sozinha??
CarolSegunda
Membro Pleno

Postagens: 191
Registro: 22/05/2007
Local: - - BrasilSexo não informado
 Postado em 27/06/2007 12:30:00 PM

Meninas...

Estou me deparando com essa nova situação. Como muitas já sabem, saí do interior, onde estava morando desde que estava grávida, para vir morar aqui na capital, em Sampa. Meu namorido ficou por lá. Já estávamos meio separados, ele saiu de casa depois de uma briga feia, mas desde lá estamos tentando "recuperar" o relacionamento.

Eu percebo que ele se chateia muito com minha vinda pra cá. Vai e vem ele pergunta se não me arrependi, diz que não acha meus motivos justificáveis, diz que foi quase que como um abandono... Enfim, mas eu acho que tomei a decisão correta, pois estou num emprego muito bacana, bem melhor do que eu provavelmente teria em São Carlos.

Eu considero a possibilidade dele vir pra cá, mas ele está resistente e não quero forçá-lo de jeito nenhum, apesar de achar que às vezes insisto demais na idéia. Ele poderia arranjar emprego aqui, existem oportunidades, mas enfim...

O negócio é que não quero mais contar com isso. Se acontecer, aconteceu! Não quero ficar pressionando, sonhando etc etc.

Quero aprender a viver sozinha - eu e meu filhote, que tem um ano. É inevitável a idéia de solidão quando penso nisso. Minha família não é daqui, tenho amigas, mas cada uma está em um canto... No dia-a-dia, não vou ter com quem contar. Vou ser eu por mim mesma.

Como conseguir?? Eu não posso negar que estou com medo, assustada.

É horrível pensar que a gente não se basta. Queria ser diferente.

Alguém tem alguma dica? Como ser mais autosuficiente? Como não viver na dependência de outra pessoa, criando expectativas, precisando dessa pessoa para ser feliz?

Me ajudem!!!!

Beijo,
Carol

IP LogadoPróxima Mensagem
Lana
Membro Master

Postagens: 864
Registro: 25/06/2007
Local: Serranias - - Brasil
Idade: 31 anosSexo Feminino
 Postado em 27/06/2007 1:12:00 PM

Oi Carol

Vou falar um pouco de mim...

Qdo me casei pela primeira vez, minha vida parecia normal, com marido, família perto e muitos amigos.
Porém, infeliz como eu estava no íntimo, depois de algum tempo e enfrentando muita resistencia consegui me separar. Minha família foi contra a separação, pois é mto "certinha", conservadora... e piorou qdo eu comecei a namorar com meu atual namorado.
Resultado, me mudei pra cidade próxima, pois trabalho aqui e meu namorado é daqui. Mas, só tenho ele aqui.... não tive tempo e oportunidades de fazer novas amizades verdadeiras.... e fiquei longe de toda a minha família.
Por isso, eu acabo me chateando um pouco qdo meu namorado não tem tempo pra mim... mas é um fato, ele tem um filho q exige muito dele.... e qdo não podemos estar nós dois... ou nós três.... eu fico literalmente sozinha!!
Essa situação tbem é nova pra mim.... e a cada dia eu tento buscar coisas novas pra fazer nos momentos q estou só. A vantagem é q eu não me deprimo muito não....
Fico na minha casa lindinha... arrumo ela do meu jeito.... ouço música.... danço sem ninguém me ver.... e leio..... leio muito.... amo livros.... eles são minha companhia. Qdo canso da minha casa.... vou a pé até o shopping q é pertinho e dou um rolezinho.
Claro q tudo cansa e enjoa depois de um tempo, então sempre tento inventar coisas novas.... por exemplo, assim q acabar um curso q eu estou fazendo a noite.... vou ver se rola eu ir numa academia.... cuidar de mim.... matar o tempo, rsrs
Mas não posso negar q sinto necessidade de conhecer pessoas novas e formar novos vínculos.
No seu caso como tem um pimpolho.... talvez vc possa acrescentar atividades junto com ele.... vcs vão ficar muito unidos!!
Bom, é assim q tenho me virado por aqui.... espero q vc consiga encontrar prazer nos momentos a sós, às vezes a gente precisa conversar com o espelho, nos conhecer bem.... e os outros relacionamentos se tornarão mais fáceis!!!!

Bjo, Carol

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Roberta Palermo
Membro Master

Postagens: 15473
Registro: 28/03/2004
Local: São Paulo - SP - Brasil
Idade: 45 anosSexo Feminino
 Postado em 27/06/2007 1:14:00 PM

Você já está sozinha há mais de um ano, vai apenas formalizar a situação. Inclusive acho ótimo você tomar a frente para resolver isso, pois empatam demais a vida de vocês. O seu filho está crescendo e você terá que explicar a realidade dele qual é e não dá para ser algo que você espera acontecer. Então conversem e se você não vai e ele não vem decidam se vale a pena manter essa relação, se estão felizes assim. Beijos, Roberta

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Star
Membro Iniciante

Postagens: 0
Registro: 31/10/2006
Local: - DF - Brasil
Idade: 52 anosSexo Feminino
 Postado em 27/06/2007 3:04:00 PM

Carol,

Nada como trocar idéias com alguém que já passou pela situação, a Lana colocou de a situação de uma forma super leve e positiva que não consigo acrescentar mais nada, acho que se estivesse no seu lugar tentaria seguir as sugestões dela sem pestanejar.

E mais uma coisa minha querida, você não está só, afinal tem um rapazinho que vai preencher amorosamente sua vida, trazendo diariamente, motivação, alegria e muita luz!

Bjks,
Star

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Star
Membro Iniciante

Postagens: 0
Registro: 31/10/2006
Local: - DF - Brasil
Idade: 52 anosSexo Feminino
 Postado em 27/06/2007 3:34:00 PM

Carol,

Vou te contar a minha história: Namorei um homem por sete anos, desde os meus 23 anos, vivi os sonhos dele, me tornei sua fiel escudeira, sua maior cúmplice. Minha relação com a família dele era ótima, me sentia acolhida por todos, amada, era a família que eu sonhei prá mim, mas cometi um erro básico, eu me anulei, perdi minha identidade.

Casei, minha relação durou exatos 08 anos, mas, por inúmeras razões, nos perdemos um do outro, deixamos de acreditar nas mesmas coisas, muita coisa deixou de ser vivida, de ser dita, o que resultou numa traição da parte dele, e por fim o amor morreu.

Enterrar um amor não é tarefa fácil, e além disso, encontrar força e coragem para sublimar as perdas, a família que não me pertencia, o filho que não tive, os sonhos desfeitos, recuperar a auto estima, enfim correr atrás do tempo perdido...

Foram dois anos de quase total solidão, mas que me fortaleceram, e me transformaram em uma nova mulher, aos trinta e oito anos eu tive que recomeçar, é como aprender a andar, primeiro você engatinha, depois se apóia nas paredes, por fim ensaia os primeiros passos, e finalmente começa a correr! Então, descobri que a força esteve o tempo todo em mim!

Hoje, estou mais serena, mais tranquila, mais equilibrada, mais madura, mais generosa, inclusive comigo mesma, me sinto completa.

Aprendi a olhar para mim, descobri quem eu sou, o que quero e principalmente o que não quero!

Me tornei mais segura, transmito confiança. Essa nova mulher atraiu um novo amor, uma pessoa que me ama e me respeita e se dedica de corpo e alma à nossa relação. Conquistei novos amigos, novas oportunidades e admiração de pessoas que são importantes para mim.

Então Carol, não tenha medo, tudo que é novo assusta, mas pense que a vida é feita de oportunidades, podemos escolher entre ficarmos agarradas a uma pedra no fundo do lago, ou sair a superfície e respirar novos ares.

Essa escolha é sua, tenha em mente que toda mudança é benéfica, sempre! A vida é feita de ciclos, permita-se abrir um novo ciclo, escrever um novo capítulo na sua história.

Tenha certeza que vale a pena!

Bjks,
Star







IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Brilhante
Membro Senior

Postagens: 230
Registro: 20/06/2007
Local: sao paulo - SP - BrasilSexo Feminino
 Postado em 28/06/2007 8:30:00 AM

Uau, depoimento emocionate e respostas LINDAS, VERDADEIRAS LIÇÕES DE VIDA!!

Parabéns a essas mulheres fortes, corajosas, confiantes e inteligentes!!

bjs

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
CarolSegunda
Membro Pleno

Postagens: 191
Registro: 22/05/2007
Local: - - BrasilSexo não informado
 Postado em 28/06/2007 8:43:00 AM

Oi, meninas!

Obrigada pelas respostas. Cada uma de vocês têm razão, o difícil é assimilar isso.

Vou ter que ser corajosa e enfrentar o que tiver por vir. Não vai ser nada fácil, ter um bebê sem ninguém próximo pra poder contar no dia-a-dia, em um imprevisto. Mas há que se dar um jeito. Não devo ser a ínica nessa situação ingrata.

Quanto ao Rô, eu vou deixar as coisas rolarem. Ficamos de conversar nesse final de semana e pretendo dizer: "Olha, vou falr pela última vez sobre isso. Gostaria de ter você em SP, queria muito você ao meu lado, disposto a construir uma nova vida. Mas não quero que isso aconteça porque estou te pressionando, porque estou forçando você a nada. Se um dia você achar que é o melhor pra você, pra nós, vou recebê-lo de braços abertos. Amo você, e estou disposta a superar as dificuldades. Mas se isso não acontecer, vamos ver como as coisas caminham. Não vou deixar de amar você da noite pro dia, mas não sei se nosso relacionamento vai se manter à distância, sem um objetivo de vida em comum, sem batalhar junto, sem perspectivas de viver juntos novamente. Eu sei que foi uma decisão minha ir pra São Paulo. Mas foi feita em determinadas circunstâncias que praticamente não era uma opção. Afinal, temos o Cauã, e o bem estar dele vem antes do meu ou do nosso. Encerro aqui esse assunto. Não vou mais pedir para que você mude. Porém, você já sabe que meu desejo é ter você ao meu lado.".

Algo desse tipo. E não vou mais tocar nesse assunto. Se um dia ele mesmo comentar, bem. Senão, morreu.

E vou tocar minha vida por aqui, sem pensar em contar com a companhia dele.

O que vocês acham?

Bjo,
Carol


IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Lana
Membro Master

Postagens: 864
Registro: 25/06/2007
Local: Serranias - - Brasil
Idade: 31 anosSexo Feminino
 Postado em 28/06/2007 8:58:00 AM

Oi Carol, bom dia.

Eu achei interessante isso q vc planejou dizer. Vc foi sincera e deixou as portas abertas para ele.
Mas faça como falou... não espere nada dele.... se ele decidir vir, lucro.
Se não... vc já terá coisas em mente pra fazer dali em diante.

Com certeza não é fácil arrumar coragem do nada... isso normalmente só acontece qdo somos obrigados a recomeçar... e vc pode ter certeza q vc vai conseguir.
Vai ser difícil , mas não impossível!!

Bjos

IP LogadoMensagem Anterior
 Todos os horários são de Brasília (GMT -03:00)
 Nova Mensagem desde a sua Última Visita.
[***] Palavra proibida pelo moderador do Grupo de Discussão

Tópico AnteriorTópico Anterior - Próximo TópicoPróximo Tópico

Volta para o Topo da Página



Forum Now! - Criar seu forum grátis