Enteado, definitivamente, não é filho.
 Madrasta, quando o homem da sua vida já tem filhos
 MADRASTA
 Madrastas e enteados
 Enteado, definitivamente, não é filho.
  Registrar   Ajuda   Login

Tópico AnteriorTópico Anterior - Próximo TópicoPróximo Tópico
Tópico com 2032 visitas e 25 mensagens
Autor
Tópico: Enteado, definitivamente, não é filho.
Gilda
Membro Senior

Postagens: 307
Registro: 11/04/2005
Local: - RS - BrasilSexo Feminino
 Postado em 02/06/2005 4:57:00 PM

Oi, pessoal,
Vejo muitas vezes aqui no fórum, como dica para resolver alguma situação, a pergunta "como você faria se fosse seu filho?" ou "faça como faria com seu filho" e outras variações disso. Mas acho que nem sempre podemos - ou conseguimos - aplicar essa regra.
Pra ficar mais claro, cito como exemplo um problema de muitas aqui: o enteado querendo dormir na cama com o pai. Bem, eu não gosto que minha enteada durma em minha cama, seja só até pegar no sono, seja porque teve pesadelo ou qualquer outro motivo, me incomoda demais. Aliás, não gosto nem que entre no meu quarto. Sempre que ela está conosco, eu chego podre de cansada em casa e ela está lá, esparramada na minha cama vendo TV. Um desses dias, quando vi a cena do meu quarto ocupado por ela, pensei na tal frase "e se fosse minha filha? Ela poderia fazer isso?" A resposta: "sim, poderia."
Minha filha não dorme na nossa cama, mas já tirou "sonecas" no meio da gente, já amamentei deitada com ela, pensei nela um dia assistindo TV no meu quarto e essa idéia não me incomoda. Por que é diferente em relação a minha enteada?
1. Se um dia quiser que minha filha saia do meu quarto, poderei dizer isso com todas as letras, sem me preocupar se isso vai "criar um clima", se vai trazer alguma conseqüência, se meu marido vai ficar magoado... e ela vai sair e pronto.
2. Minha menina é filha das duas pessoas que dormem naquela cama, mora naquela casa.
3. Também não gostaria que qualquer outra criança "freqüentasse" meu quarto: minha irmã, sobrinho, primo...
4. Jamais terei com minha enteada a intimidade que tenho com minha filha.
5. Na minha filha eu posso dar bronca, colocar de castigo, exigir. Com a minha enteada não. Então, será justo que ela tenha a mesma liberdade, já que não tem as mesmas obrigações?
Enteado, definitivamente, não é filho. E acho que isso serve não só pros sentimentos, mas também pras atitudes. A gente faz um esforço danado pra não diferenciar, pra tratar igual. Mas como, numa relação cheia de limitações? Acho que o grande problema é que os enteados (e o resto do mundo) querem ter conosco a liberdade de filhos, mas nós não podemos ter com eles a liberdade de mães.
Não foi sem culpa que percebi que permitiria a minha filha fazer coisas que não gosto que minha enteada faça. Mas penso que devo eliminar essa culpa, já que são relações completamente diferentes.
O que vocês acham? Como lidar com isso?

IP LogadoPróxima Mensagem
Simara
Membro Senior

Postagens: 382
Registro: 14/02/2005
Local: São Paulo - SP - BrasilSexo não informado
 Postado em 02/06/2005 5:22:00 PM

Bom... minha madrasta me trata muito bem, as filhas de sangue as vezes até tem ciúmes, mas como elas me amam tb elas não falam nada, sabem que merço todo carinho, pois a trato com carinho e respeito. Não há impocrisia na minha casa, pois não a chamo de mãe e todo mundo sabe que ela é minha madrasta.
Bom... num sei se vc sabe da minha história, mas quando ela estava junto do meu pai não entrávamos muito no quarto deles sem permissão pq tinhamos respeito pela privacidade deles. Mas pra vc ver como ela me trata tão bem que eles se separam e meu pai voltou pra minas (somos mineiros) e eu continuei com ela.
Então... tudo depende da criança tb, não só os adultos tem que ter respeitos pelas crianças, mas elas tb.


IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Cassi
Membro Master

Postagens: 3317
Registro: 13/05/2004
Local: São Paulo - SP - Brasil
Idade: 34 anosSexo Feminino
 Postado em 02/06/2005 5:24:00 PM

Gilda,
realmente enteado não é filho... por mais que vc goste da sua enteada, nunca irá tratá-la como trata da sua filha. O que muitas vezes é sugerido por aqui, é que para manter a calma a preservar certa paciência, na hora que vc vir a sua enteada, conter impulsos e pensar: "E se fosse minha filha???" Claro que será difícil vc deixar de se incomodar com certas atitudes da sua enteada que vc pondera em sua filha, mas acho que exercitar já pode melhorar e muito esse seu incômodo!

Boa sorte!!!

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Roberta Palermo
Membro Master

Postagens: 15473
Registro: 28/03/2004
Local: São Paulo - SP - Brasil
Idade: 45 anosSexo Feminino
 Postado em 02/06/2005 7:15:00 PM

Acho que temos que tentar viver o mais perto do natural possível. Para cada um isso rola de uma maneira. Eu sempre tive facilidade para ter os meus enteados por perto, a vontade no espaço de toda a casa, mas assistir tv no meu quarto e dormir na nossa cama, nem eles nem nosso filho. E na verdade acho que fiz mais concessões para os meus enteados exatamente pelo motivo de ter que pisar taaaaaaanto em ovos. Com o meu filho é na lata e pronto. Bem mais fácil. Mas o meu filho me dá o triplo de trabalho que os meus enteados me deram. principalmente porque ele é meu filho 24 horas por dia e não só em finais de semana alternados e férias...beijos, Roberta

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
fryda
Membro Master

Postagens: 3882
Registro: 24/01/2005
Local: nilopolis - RJ - Brasil
Idade: 35 anosSexo Feminino
 Postado em 02/06/2005 8:15:00 PM

bom amiga, eu não tenho filho ainda mas filho meu tb não dorme na minha cama.
aaté por que eu sou chata pra caramba...
e não tem essa de com filho é diferente.
o que não concordo é o fato de não poder falar, eui falo mesmo!!!
se o papai vai ficar chateadinho vai junto com o filho por que a cama é minha e se eu estiver com sono não sou simpatica nem com minha sombra...

beijinhos

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
céu
Membro Senior

Postagens: 262
Registro: 26/04/2005
Local: niteroi - RJ - BrasilSexo Feminino
 Postado em 02/06/2005 8:35:00 PM

Aí gente este papo é um saco né ?caramba ,é dificil de entenderem que nossa cama é um lugar sagrado?:
Por mim nem minha filha nem o filho dele dormiriam em minha cama , mas meu marido com minha filha , faz questão que ela fique varias noites conosco ,mas o filho dele eu não suporto que durma na minha cama e nem entre no meu quarto!!!! Exatamente pelo motivo da intimidade minha e do meu marido ,minha filha eu posso botar pra correr a hora que eu quiser e o menino não ; eu tenho que ter mais tato para não ser mal interpretada !!!!!

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Dinha.rj
Membro Senior

Postagens: 441
Registro: 19/03/2005
Local: RJ - RJ - Brasil
Idade: 43 anosSexo Feminino
 Postado em 03/06/2005 8:13:00 AM

Gilda,

O que posso falar sobre minha relação com minha enteada e meu filho é que os 2 tem o mesmo direito, se um pode o outro tb, o NÃO é para os 2. Eu não tenho receio nenhum de dizer NÃO a minha enteada, se está aqui em casa tem que ser como eu e o pai dela queremos. Nenhum dos 2 dormem comigo, meu filho tem 1 ano,mesmo qdo ele era recem-nascido durmia no quarto dele,no berço dele.Tanto que qdo vamos viajar e não tem berço para ele, ele fica encomodado de dormir entre nós 2.A minha enteada dormia com os pais e aqui em casa ela mudou de atitude, ela tomava banho com o pai, já não toma mais. A questão é ter diálogo e mostrar que há regras.Bem, qto a ver TV no quarto eu não tenho apego as coisas, então não ligo, às vezes ficamos eu e ela deitadas vendo tv no meu quarto.


bjs,

Cláudia

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Samanta
Membro Master

Postagens: 2531
Registro: 25/03/2004
Local: - - BrasilSexo Feminino
 Postado em 03/06/2005 8:56:00 AM

Gilda já pensei nisso trilhões de vezes tb...e sinto exatamente a mesma coisa....não sinto que tenho liberdades para com meus enteados, me sinto sempre reprimida, quando o assunto é falar, questionar algo...e isso nos afasta mais ainda....infelismente.

E penso o mesmo com relações as atitudes da minha filha e meus enteados, especialmente o mais novo que é muito manhoso.

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Suyndara
Membro Master

Postagens: 1019
Registro: 02/01/2004
Local: Brasília - DF - Brasil
Idade: 36 anosSexo Feminino
 Postado em 03/06/2005 9:21:00 AM

Gilda,

Acho que todas as madrastas aqui já se pegaram pensando nisso..."e se fosse meu filho? seria diferente?" . Conheço várias madrastas que amam seus enteados como se fossem verdadeiros filhos adotivos (tomara que eu um dia consiga isso), minha tia se separou do marido há alguns anos e os 2 enteados dela fizeram questão de continuar morando com ela, e eles até a chamam de mãe (e ai de quem contestar)...eu não tenho o mesmo grau de bondade da minha tia, sei que vou sofrer muito quando meus enteados vierem morar comigo....mas meu marido sempre me tranquiliza nesse aspecto e diz que a casa é minha, logo eu dou as ordens, "neguinho que se vire pra adaptar"...e ele sempre diz que os meus enteados é que tem que se esforçarem pra me conquistar e que jamais vai admitir nenhum dos filhos me tratarem mal (nem mesmo o nosso)...é claro que eu vou fazer todo o esforço do mundo para me dar bem com os garotos, mas é como a Roberta disse: "um pisar em ovos interminável"...
Com relação às regras, acho que todos os que estão na casa devem se sujeitar as mesmas regras...já o sentimento, sinceramente não sei....posso amar meus enteados como faz a Roberta, ou posso detestar um deles como a Sissi (tb se for pestinha como o dela....hehehehe) e acredito que nao tem como controlar isso...ninguem manda nos sentimentos!

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Guinevere
Membro Senior

Postagens: 456
Registro: 18/03/2005
Local: Vitoria - ES - Brasil
Idade: 41 anosSexo Feminino  Aniversário em 8/11
 Postado em 03/06/2005 9:52:00 AM

Gilda, indo além do que vc foi, acho que algumas madrastas até gostariam muito de que seus enteados fossem seus filhos. Só que não são. E deve haver distinção de tratamento, pq são lugares diferentes. Uns são filhos, outros são enteados. Com o enteados, devemos cuidar para que a educação que lhes é dada não interfira na vida íntima do novo casal. Mas com os filhos, a educação toda depende do casal.
E tb não sei se esse pisar em ovos deve ser tão regular. Deixar enteado destruir a sua casa pq a mãe vai ficar fula se vc não o fizer é deixar o caos reinar. Se meu enteado faz algo errado, ainda que o pai não corrija, sou a primeira a apontar. E ainda que meu enteado seja tratado como reizinho na casa da mãe e da avó materna, na minha casa existem regras, e ele sabe bem diferenciar. E mesmo com tantas regras, adora vir aqui em casa. E respeita muito quando eu digo que naõ pode fazer tal coisa.
Ainda nõa tenho filhos, mas tenho uma afilhada bem bagunceira, que eu amo muito, e que entra no mesmo esquema do meu enteado. Existem regras. Se não seguir, vai levar esporro, e se ainda assim continuar, vai ficar de castigo. Ela burla muito mais as regras do que ele. E na casa dela as regras são bem mais rígidas!

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Sissi
Membro Master

Postagens: 1981
Registro: 27/01/2005
Local: Brasília - DF - Brasil
Idade: 37 anosSexo Feminino
 Postado em 03/06/2005 11:05:00 AM

Gilda,

Não se sinta culpada.

Enteado É diferente de filho por todas as razões q vc citou e mais algumas.

Realmente, é difícil dar todos os direitos para quem não tem todos os deveres.

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Gilda
Membro Senior

Postagens: 307
Registro: 11/04/2005
Local: - RS - BrasilSexo Feminino
 Postado em 03/06/2005 11:26:00 AM

Obrigada pelas respostas.
A história da cama é apenas um exemplo de tantas situações em que me sinto assim.
Minha filha não dorme e não dormirá na minha cama, mas por um motivo "pedagógico", porque acho que isso atrapalha a intimidade do casal e a criança deve se acostumar no seu próprio quarto, mas não por me fazer sentir incomodada. Já com minha enteada, isso me irrita muito, me sinto invadida. Ontem mesmo, ela passou a noite aqui, eu estava assistindo a um programa, ela pegou o controle remoto e simplesmente mudou de canal. E ai de mim, se falar alguma coisa!
Acho ainda que é bem possível que minha filha acabe tendo menos liberdades na nossa casa do que a minha enteada. Já que com ela é preciso ter certos cuidados, saber como falar, pensar bem, bolar uma estratégia... aaahhh, é um desgaste!
Por isso, penso que não devemos nos culpar quando percebemos que não gostamos no enteado de algo que toleraríamos no filho. Afinal, muitas vezes não deixamos que o filho faça coisas q

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Gilda
Membro Senior

Postagens: 307
Registro: 11/04/2005
Local: - RS - BrasilSexo Feminino
 Postado em 03/06/2005 11:29:00 AM

Obrigada pelas respostas.
A história da cama é apenas um exemplo de tantas situações em que me sinto assim.
Minha filha não dorme e não dormirá na minha cama, mas por um motivo "pedagógico", porque acho que isso atrapalha a intimidade do casal e a criança deve se acostumar no seu próprio quarto, mas não por me fazer sentir incomodada. Já com minha enteada, isso me irrita muito, me sinto invadida. Ontem mesmo, ela passou a noite aqui, eu estava assistindo a um programa, ela pegou o controle remoto e simplesmente mudou de canal. E ai de mim, se falar alguma coisa!
Acho ainda que é bem possível que minha filha acabe tendo menos liberdades na nossa casa do que a minha enteada. Já que com ela é preciso ter certos cuidados, saber como falar, pensar bem, bolar uma estratégia... aaahhh, é um desgaste!
Por isso, penso que não devemos nos culpar quando percebemos que não gostamos no enteado de algo que toleraríamos no filho. Afinal, muitas vezes não deixamos que o filho faça coisas que acabamos permitindo ao enteado.
Talvez seja isso que vem desgastando tanto a minha relação com essa menina. É tanto cuidado, tanta frescura, tanto "como será que eu poderia falar isso", que eu estou a ponto de explodir!

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Sissi
Membro Master

Postagens: 1981
Registro: 27/01/2005
Local: Brasília - DF - Brasil
Idade: 37 anosSexo Feminino
 Postado em 03/06/2005 11:30:00 AM

Gilda,

Criança mudar de canal?!?!?!?!

JAMAIS!!!!

Colocasse novamente no q vc estava vendo e ela q ficasse calada!!!!

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
fryda
Membro Master

Postagens: 3882
Registro: 24/01/2005
Local: nilopolis - RJ - Brasil
Idade: 35 anosSexo Feminino
 Postado em 03/06/2005 11:31:00 AM

o que acontece se vc falar?
que abuso é esse de pegar o controle e mudar de canal? fala serio vc precisa começar a se impor pois a dona da casa é vc!!!



IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Página
 Todos os horários são de Brasília (GMT -03:00)
 Nova Mensagem desde a sua Última Visita.
[***] Palavra proibida pelo moderador do Grupo de Discussão
Páginas: 1 2
Tópico AnteriorTópico Anterior - Próximo TópicoPróximo Tópico

Volta para o Topo da Página



Forum Now! - Criar seu forum grátis