Origem e história Iyá Mi Osorongá
 PROGRAMA NOS CAMINHOS DE NZAMBI
 NOS CAMINHOS DE NZAMBI
 Candomblé Nagô/Yorubá
 Origem e história Iyá Mi Osorongá
  Registrar   Ajuda   Login

Tópico AnteriorTópico Anterior - Próximo TópicoPróximo Tópico
Tópico com 3878 visitas e 8 mensagens
Autor
Tópico: Origem e história Iyá Mi Osorongá
Tata Obalumbi
Membro Pleno

Postagens: 220
Registro: 19/07/2005
Local: RJ - RJ - Brasil
Idade: 28 anosSexo Masculino
 Postado em 26/07/2005 2:14:00 PM

Mokoiu a todos.

Estou postando hoje sobre as Iamis, as feitiçeiras, aguardo colaborações de vocês para entendermos melhor sobre elas.

Iyá Mi Osorongá

Origem e história

Iyá Mi Osorongá ( Ìyá Mi Osorongà ) é a síntese do poder feminino, claramente manifesto na possibilidade de gerar filhos e, numa noção mais ampla, de povoar o mundo. Quando os Yorubás dizem "nossas mães queridas" para se referirem às Iyá Mi, tentam, na verdade, apaziguar os poderes terríveis dessa entidade.

Donas de um axé tão poderoso quanto o de qualquer orixá, as Iyá Mi tiveram seu culto difundido por sociedades secretas de mulheres e são as grandes homenageadas do famoso festival Gèlèdè, na Nigéria, realizado entre os meses de março e maio, que antecedem o início das chuvas do país, remetendo imediatamente para um culto relacionado à fertilidade.


Poder procriador, tornaram-se conhecidas como as senhoras dos pássaros e sua fama de grandes feiticeiras as associou à escuridão da noite; por isso também são chamadas de Eleyé e as corujas são seus maiores símbolos.

A sua relação mais evidente é com o poder genital feminino, que é o aspecto que mais aproxima a mulher da natureza, ou seja, dos acontecimentos que fogem à explicação e ao controle humano. Toda mulher é poderosa porque guarda um pouco da essência das Iyá Mi; a capacidade de gerar filhos, expressa nos órgãos genitais femininos que sempre assustou os homens e as cantigas entoadas durante o festival Gèlèdè fazem alusão a esse terrível poder - que não pertence apenas às Iyá Mi, mas a qualquer mulher.

Mãe destruidora, hoje te glorifico:

O velho pássaro não se aqueceu no fogo.
O velho pássaro doente não se aqueceu ao sol.
Algo secreto foi escondido na casa da Mãe ...
Honras à minha Mãe!
Mãe cuja vagina atemoriza a todos.
Mãe cujos pêlos púbicos se enroscam em nós.
Mãe que arma uma cilada, arma uma cilada.
Mãe que tem potes de comida em casa.

As mães são compreendidas como a origem da humanidade e seu grande poder reside na decisão que tomar sobre a vida de seus filhos. É a mãe que decide se o filho deve ou não nascer e, quando ele nascer, ainda decide se ele deve viver. A mulher, especialmente nas sociedades antigas, tinha inúmeros recursos para interromper uma gravidez. E, até os primeiros anos de vida, uma criança depende totalmente de sua mãe; se faltarem seus cuidados a criança não vinga. Em síntese, todo ser humano deve a vida a uma mulher. Se todas as mulheres juntas decidisses não mais engravidar, a humanidade estaria fadada a desaparecer. Esse é o poder de Iyá Mi: mostrar que todas as mulheres juntas decidem sobre o destino dos homens.

Mãe todo-poderosa, mãe do pássaro da noite.
Grande mãe com quem não ousamos coabitar
Grande mãe cujo corpo não ousamos olhar
Mãe de belezas secretas
Mãe que esvazia a taça
Que fala grosso como homem,
Grande, muito grande, no topo da árvore Iroko,
Mãe que sobe alto e olha para a terra
Mãe que mata o marido mas dele tem pena.

Iyá Mi é a sacralização da figura materna, por isso seu culto é envolvido por tantos tabus. Seu grande poder se deve ao fato de guardar o segredo da criação. Tudo que é redondo remete ao ventre e, por conseqüência, as Iyá Mi. O poder das grandes mães é expresso entre os orixás por Oxum, Iemanjá e Nanã Buruku, mas o poder de Iyá Mi é manifesto em toda mulher, que, não por acaso, em quase todas as culturas, é considerada tabu.

As denominações de Iyá Mi expressam suas características terríveis e mais perigosas e por essa razão seus nomes nunca devem ser pronunciados; mas quando se disser um de seus nomes, todos devem fazer reverencias especiais para aplacar a ira das Grandes Mães e, principalmente, para afugentar a morte.

As feiticeiras mais temidas entre os Iorubás e nos candomblés do Brasil são as Àjé e, para referir-se à elas sem correr nenhum risco, diga apenas Eleyé, Dona do Pássaro. O aspecto mais aterrador das Iyá Mi e o seu principal nome , com o qual tornou-se conhecida nos terreiros, é Oxorongá, uma bruxa terrível que se transforma no pássaro de mesmo nome e rompe a escuridão da noite com seu grito assustador.

As Yiá Mi são as senhoras da vida, mas o corolário fundamental da vida é a morte. Quando devidamente cultuadas, manifestam-se apenas em seu aspecto benfazejo, são o grande ventre que povoa o mundo. Não podem, porém, ser esquecidas; nesse caso lançam todo tipo de maldição e tornam-se senhoras da morte.

O lado bom de Iyá Mi é expresso em divindades de grande fundamento, como Apaoká, a dona da jaqueira, a verdadeira mãe de Oxóssi Dizem que o deus caçador encontrou mel aos pés da jaqueira e em torno dessa árvore formou-se a cidade de Kêtu.

Os assentamentos de Iyá Mi ficam junto a grandes árvores como a jaqueira e geralmente são enterrados, mostrando a sua relação com os ancestrais, sendo também uma nítida representação do ventre. As Iyá Mi, juntamente com Exú e os ancestrais, são evocadas nos ritos de Ipadé, um complexo ritual que , entre outras coisas, ratifica a grande realidade do poder feminino na hierarquia do Candomblé, denotando que as grandes mães são as que detém os segredos do culto, pois um dia, quando deixarem a vida, integrarão o corpo das Iyá Mi, que são, na verdade, as mulheres ancestrais.


http://www.okitalande.com.br/novosassuntos14.htm

aguardo vcs, kandandu

Tata Obalumbi

IP LogadoPróxima Mensagem
HOLAKEMI
Membro Iniciante

Postagens: 48
Registro: 18/07/2005
Local: RIO DE JANEIRO - RJ - Brasil
Idade: 33 anosSexo Feminino
 Postado em 26/07/2005 2:33:00 PM

MO JUBA EIYM IYA MI OSORONGA
OTONON EJE ENUM WA
O TOOKON EJE EDO
MO JUBA EIYN IYA MI OSORONGA
OTONON EJE ENUM WA
OTOOKON EJE EDO
EJE O YE NI KALE O
EJE O YE NI KALE O
O YE YE, YE KOKO
O YE YE , YE KOKO


TRADUÇÃO

MEUS RESPEITOS A VÓS MINHAS MÃES ANCESTRAIS
VÓS QUE SEGUE OS RASTROS DE SANGUE DE NOSSAS ENTRANHAS
VÓS QUE SEGUE OS RASTROS DE SANGUE ATE O CORAÇÃO EO FIGADO
MEUS RESPEITOS A VOS MINHAS MÃES ANCESTRAIS
VÓS QUE SEGUE O RASTRO DE SANGUE ATE NOSSAS ENTRANHAS
VÓS QUE SEGUE O RASTRO DE SANGUE ATE O CORAÇÃO E O FIGADO
O SANGUE QUE E ABSORVIDO PELA TERRA COBRE-SE FUNGOS E VIVE
O SANGUE QUE E ABSORVIDO PELA TERRA COBRE-SE FUNGOS E VIVE
OH MÃE PASSARO,MÃE MUITO VELHA
OH MÃE PASSARO MÃE MUITO VELHA


Oriki Iyami
Iba Olodunmare
Iba Akoda
Iba Aseda
Iba Esu Lalu Ogiri Oko
Iba Ogun Lakaiye
Iba Sango Olukoso Lalu
Iba Osun Ramu Ofide Wemo
Iba Eyin Iya mi o
Eyin Lajapa Jori O
Eyin Latifun Joronro Obalanta
Omi tutu ni o temu Eja Bo
Oro tutu ni o tenu mi bo
Ki irawo Mi ma rele
Giga Giga Lan Bojo
Oke Oke Lolawa Yio ma re
Oke Oke Lolawa Iyo ma re
Eyin Iya Eni Ki ma Su Sepo
Mo su sepo E O bami Wi Rara
Eni Kin Ma To Sala
Mo to Sala E O Ba Mi Wi Rara
Eni kin mafi Ikodide nudi
Mo fi ikodide nudi e o bami wi rara
Eyin Iya Ke Je O ju Mi Se
Ase ti Eledunmare
Olodunmare Ase
Tradução
Saudação ao Deus Supremo
Saudação ao primeiro da criação
Saudação a Esu lalu
Saudação a Ogun Lakaiye Osinmole
Saudação a Sango Olukoso lalu
Saudação a Osun Ramu
Saudação a Iyami Osoronga
Você que come cabeças e braços juntos
Você que come intestinos Obalanja
Água fria que vai sair da boca do peixe
Faça com que as boas palavras saiam de minha boca
Não deixe que nossa estrela perca o brilho

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Tata Obalumbi
Membro Pleno

Postagens: 220
Registro: 19/07/2005
Local: RJ - RJ - Brasil
Idade: 28 anosSexo Masculino
 Postado em 26/07/2005 4:15:00 PM

Mokoiu a todos.
Muxikani Holakemi, esse oriki serve para que? se fz em qual momento?
Aguardo resposta.
Kandandu

Tata Obalumbi

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Kambondu Felipe
Membro Junior

Postagens: 61
Registro: 05/08/2005
Local: Ribeirão Pires-ABC - SP - BrasilSexo Masculino
 Postado em 11/08/2005 11:40:00 PM

Makuyu meuas amigos!!!

Gostaria de saber se esta história sobre Yami se faz presente no cuktos Angolanos!!

Aguardo uma resposta!!!


Kibuku Sinavuru!!

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Tata Obalumbi
Membro Pleno

Postagens: 220
Registro: 19/07/2005
Local: RJ - RJ - Brasil
Idade: 28 anosSexo Masculino
 Postado em 12/08/2005 12:05:00 AM

Mokoiu a todos.
Pange Felipe você fez uma boa pergunta, eu acredito que seja Iorubano...
+ aguardo respostas dos d+.
Kandandu
Tata Obalumbi

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Tata Jambonan
Membro Junior

Postagens: 78
Registro: 12/07/2005
Local: Belford-Roxo - RJ - Brasil
Idade: 53 anosSexo não informado
 Postado em 18/08/2005 7:41:00 PM

Mukuiu Jipangi.

Segundo alguns Itãns seria um culto Yorubano.

Onde as KENNESI, ( Mães feiticeiras, ou dos feitiços mágicos) , são grande portadoras de poderes ligados as YAMI OSHÒRONGÁ, e passado quase sempre de mãe para filha, em que suas Sacerdotisas, são escolidas ainda meninas, e exclusivamente mulheres, cujo culto pertence a uma sociedade secreta de EGBÈ KENNESI.

Em um outro itã, conta que um Obá de uma Aldeia, desrespeitou algumas normas, e como castigo aYAMI OSHÒRONGÁ mandou o gigante abutre negro (KANAN KANAN), para dizimar tudo e todos.
Quando Opaoká, mãe de OTÒ OSSÓ OSI, fez uma grande oferenda para o KANAN-KANAN,atravéz de ESÚ, e ele relachou o peito para receber a oferenda, foi que OTÒ OSSÒ OSI, atirou a sua unica flexa, e dizimou o passáro, tornando assim ganhador de uma Aldeia em que se tornou REI DE ALAKETÚ.

Sendo estes e outros itãs Yorubanos, creio que sua cultura seje tão somente ligada a este povo.

Caso haja similar em cultura Angolana, também ficaria grato pelo aprendisado de suas origens, e cultos.

Lami mujitu e kioso, Tata Jambonan.

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Ojuomi
Membro Iniciante

Postagens: 5
Registro: 20/10/2005
Local: Rio de Janeiro - RJ - Brasil
Idade: 50 anosSexo Feminino
 Postado em 02/11/2005 4:08:00 PM

Saudações!!!!

Aproveitando a carona do tema, gostaria de saber se homens também podem cultuar às mães Ancestrais e porque?

Abs,

Ojuomi

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Tata Jambonan
Membro Junior

Postagens: 78
Registro: 12/07/2005
Local: Belford-Roxo - RJ - Brasil
Idade: 53 anosSexo não informado
 Postado em 24/11/2005 9:51:00 AM

mukuiu jipangi.

Cara mana Ojuomi, não sou a pessoa mais indicada para responder a sua pergunta, mais o pouco que eu já estive lendo, o culto é passado de mãe para filhas, e somente mulheres poderiam cultuar, isto seria pelo fato da reprodução feminina do novo ser, e estaria diretamente ligado ao fato do aborto.

Como mencionei, são apenas leituras, não podendo afirmar nada, já que no meu asé não cultuamos, e nunca tive conhecimento de quem as cultuem.

Caso encontre algo mais profundo, estarei postando.



IP LogadoMensagem Anterior
 Todos os horários são de Brasília (GMT -03:00)
 Nova Mensagem desde a sua Última Visita.
[***] Palavra proibida pelo moderador do Grupo de Discussão

Tópico AnteriorTópico Anterior - Próximo TópicoPróximo Tópico

Volta para o Topo da Página



Forum Now! - Criar seu forum grátis