MEDIUNIDADE
 PROGRAMA NOS CAMINHOS DE NZAMBI
 NOS CAMINHOS DE NZAMBI
 Estudo Histórico-Científico das Religiões Afro-Brasileiras
 MEDIUNIDADE
  Registrar   Ajuda   Login

Tópico AnteriorTópico Anterior - Próximo TópicoPróximo Tópico
Tópico com 308 visitas e 2 mensagens
Autor
Tópico: MEDIUNIDADE
Dandarê
Membro Pleno

Postagens: 210
Registro: 19/07/2005
Local: Salvador -Bahia - BA - BrasilSexo Feminino
 Postado em 19/12/2005 5:56:00 PM

MIMENEKENU JIPANGI

A nossa religião, o Candomblé é um legado deixado pelos nossos antepassados, os negros escravos provenientes da África. Entretanto o fenômeno da manifestação mediunica sempre esteve presente desde o inicio da humanidade e por conta disso aprendemos muito com os espiritos vindos de outras dimensões.

É claro que os conceitos e definições acerca desse assunto tão estudado ao longo das épocas pelos eruditos, magos e reis nem sempre foram tão compreensiveis como o temos depois do grande Coordenador da Doutrina Espírita, Alan Kardeck. Não foi ele quem INVENTOU o espiritismo. Este homem de tamanha envergadura espiritual, foi simplesmente um predestinado para COORDENAR todos os fatos estudados por grandes inteligencias distribuídas por todos os cantos do mundo.

Há quem rejeite os estudos acerca do espiritismo sendo candomblecista. Dizem eles: NÃO MISTUREMOS AS COISAS... Mas eu pergunto: Por que não devemos estudar, nos aprofundar na compreensão do que se passa conosco? Como se processa a manifestação de uma Entidade em nós? É justo ficarmos apenas no entendimento de que "somos cavalos" dos Minkici , Orixás, Vodunces?

Todas as ciencias lançam mão uma das outras para compreendermos o TODO. Por que não estudarmos , pelo menos um pouco da Ciência Espirita para entendermos melhor o que somos e o que são os Minkici?

Qualquer VERDADE que não suporte uma análise mais profunda não deve ser aceita por nenhum ser humano civilizado.

Disse o Tata Toindé: Esta sessão foi criada para discutirmos e tentarmos entender melhor nossa cultura religiosa.
Sabemos que somos movidos por uma força que opera milagres nas várias ramificações de nossa crença.
Entendo, que mesmo sendo candomblecistas, somos médiuns. E proponho estudarmos as reações e fenômenos que envolvem a espiritualidade e a capacidad de comunicação.


Eis a minha contribuição

TEMA – MECANISMOS DA MEDIUNIDADE – CONCEITOS BÁSICOS



1ª Parte

1. Objetivos

1.1. Mostrar que os Espíritos se desenvolvem simultaneamente com o crescimento das suas faculdades pela agregação de Matéria Quintessenciada. Com este desenvolvimento, os Espíritos idealizaram o processo de comunicação pelas Ondas Pensamento.

1.2. Este processo de comunicação é semelhante ao da televisão, onde ondas eletromagnéticas codificadas contendo em si, sons, imagens, cores e movimentos, só podem ser por nós entendidas, ao passarem pelo aparelho de televisão, que é um decodificador de ondas eletromagnéticas.

1.3. A Mediunidade é a faculdade do Espírito capaz de captar a onda pensamento do Espírito comunicante, de encaminhá-la para ser processada na mente do Espírito Receptor. Tanto o médium como o aparelho de televisão são os intermediários que conseguem dar forma corpórea ao conteúdo de um pensamento emitido por ondas eletromagnéticas.

1.5. O médium ao processar o conteúdo de uma onda pensamento, pode modificá-lo ou não, e através da sua Faculdade do Pensamento pode emitir uma nova onda pensamento que será de sua inteira responsabilidade.

1.6. A Incorporação da mensagem pelo próprio médium, tem como finalidade, tornar compreendida a idéia contida na onda pensamento, até então abstrata, utilizando-se dos seus órgãos físicos para falar, escrever, ouvir, ver ou fazer gestos.


2. Desenvolvimento

2.1. Da mesma forma que hoje nós temos dificuldades para entendermos a constituição intima dos Espíritos, e como todos nós encarnados e desencarnados nos comunicamos pelo pensamento, Kardec também as teve, e se valeu das respostas dadas pelos Espíritos para saciar a sua curiosidade. será que todos nós entendemos as respostas como Kardec as entendeu?

2.2. Para tanto vamos rever algumas das questões da codificação, reforçadas nos livros de André Luiz.

2.3. LE. 23a – “Qual a natureza íntima do Espírito? O Espírito, assim como a linguagem humana, não é fácil de ser analisado. porque o Espírito não é coisa palpável. para vós ele não é nada. para nós é alguma coisa. sabei bem, o nada não existe”.

2.4. LE. 28 – “Uma vez que o Espírito é, ele mesmo alguma coisa, não seria mais exato e menos sujeito a confusões designar esses dois elementos gerais pelas palavras Matéria Inerte e Matéria Inteligente? As palavras pouco importam. cabe a vós formular linguagem adequada a vos entenderdes sobre as palavras, visto que a vossa linguagem é incompleta para exprimir as coisas que não ferem os vossos sentidos”.

2.5. LE. 82 – “É exato dizer que os Espíritos são imateriais? Imaterial não é o termo, incorpóreo seria mais exato, pois deves compreender que sendo o Espírito uma criação de Deus deve ser alguma coisa. é uma Matéria Quintessenciada, mas sem analogia para vós outros e tão etérea que não pode ser percebida pelos vossos sentidos”.

2.6. Observação de Kardec – “Dizemos que os Espíritos são imateriais porque sua essência difere de tudo o que se conhece sob o nome de matéria”.

2.6.1. Imaterial – que não tem a natureza da matéria – impalpável (Dic. Aurélio).

2.6.2. Natureza – força ativa que estabelece e conserva a ordem natural de tudo o que existe (Dic. Aurélio).

2.7. LM. Cap. I item 3 – “Esta dúvida se assenta na ignorância da verdadeira natureza dos Espíritos, dos quais, em geral, fazem idéia muito falsa, supondo-os, erroneamente, seres abstratos, vagos e indefinidos, o que não é real... O Espírito não é pois um ponto, uma abstração; é um ser limitado e circunscrito ao qual só falta ser visível e palpável, para se assemelhar ao seres humanos”.

2.8. Sabemos que os Espíritos “foram criados simples e ignorantes” LE. 133. simples na sua estruturação fisiológica, em tamanho, em quantidade de Matéria Quintessenciada, mas como uma semente, criado com um potencial a ser desenvolvido; e ignorante, isto é com pouco saber, pois por ser simples, não havia conquistado Matéria Quintessenciada suficiente para já ter sido criado com todo o saber de um Espírito puro. Assim sendo o desenvolvimento das nossas faculdades, equivalem ao agregar incessante de mais Matéria Quintessenciada, ou seja a Matéria Inteligente a qual se referiu Kardec na sua pergunta LE. 28, e que André Luiz em MM. Cap. IV Matéria Mental - a designa como Matéria Mental e, Matéria Espiritual que vai através dos corpúsculos formar os átomos mentais, que por sua vez vão construindo as suas faculdades do Espírito ao longo do trajeto desde o mineral ao hominal, como citado em E2M. Cap. IV Automatismo e Corpo Espiritual.

2.9. Para que nós possamos nos entender e melhor compreendermos o que é, e como é o Espírito e a Matéria, vamos à questão LE. 27, onde se definiu que "haveria dois elementos gerais no universo, a Matéria e o Espírito”. O Espírito é um ser limitado e circunscrito, formado do elemento geral do universo que tem como característica a inteligência, que pode ser aumentada com o próprio aumento dos corpúsculos que vão dar forma à Matéria Quintessenciada, que vai sendo agregada às Faculdades do Espírito.

2.10. Por outro lado temos o segundo elemento geral do universo a matéria, esta Matéria Física que todos conhecemos e que estamos habituados a viver com ela, e que é formada pelos átomos da tabela periódica, e que tem por características a resistência mecânica, ser insensível e, servir de base para o desenvolvimento intelectual do Espírito. entenda-se como desenvolvimento intelectual o saber manusear a matéria física, a ela dar formas e combinações.

2.11. O início das atividades de cada entidade inteligente, se deu como Princípio Inteligente, com a operação inicial das faculdades Instinto, Inteligência, Irritabilidade, Percepção, Pemória e Pensamento (descontínuo). com o passar do tempo, fomos assimilando conhecimentos através das várias experiências que fizeram com que o princípio inteligente, fosse se desenvolvendo cada vez mais, estagiando nos diversos reinos da natureza, até estar em condições de ser classificado como Espírito, onde as demais faculdades, Razão, Sensibilidade, Consciência, Livre Arbítrio, Força de Vontade, Imaginação, Discernimento, Mediunidade, e o Pensamento (contínuo), que se encontravam latentes, pudessem estar aptas para que o Espírito tivesse a sua individualidade.

2.12. O desenvolvimento deste segundo bloco de faculdades, é que dá condição do Espírito se desenvolver moralmente, vindo a entender as recomendações de Jesus, para amarmos a deus e aos nossos semelhantes.

2.13. O desenvolvimento moral se dá através da nossa vida de relação com os nossos semelhantes, onde deveremos viver harmonicamente, procurando entender as limitações individuais, e para isso a comunicação é de vital importância.

2.14. Como os Espíritos precisavam se comunicar, eles idealizaram um processo inteligente de comunicação por meio de ondas pensamento, capaz de vencer grandes distâncias, pois não se encontravam concentrados em um único local do Universo.

2.15. A comunicação pelo pensamento se dá através da Faculdade da Mediunidade, uma das faculdades do Espírito. reportando-nos ao LM. Cap. II item 7- lemos que: “O pensamento é uma das faculdades do Espírito. a possibilidade que ele tem de atuar sobre a matéria, de nos impressionar os sentidos, e por conseguinte, de nos transmitir seus pensamentos, resulta, assim, nos podemos exprimir da constituição fisiológica que lhe é própria”.

2.15.1. Fisiologia – estudo relativo às células, tecidos, órgãos, aparelhos e sistemas de um organismo biológico.

2.15.2. Faculdade – aptidão inata, que nasce com o ser.

Se houver aprovação por parte dos usuários deste forum continuarei o assunto.

Fiquem em Paz

Dandarê


IP LogadoPróxima Mensagem
Tata Toindé
Membro Pleno

Postagens: 239
Registro: 20/03/2005
Local: RIO DE JANEIRO - RJ - Brasil
Idade: 39 anosSexo Masculino
 Postado em 22/02/2006 10:04:00 AM

Sem comentários mana.....

de minha parte a aprovação é total.

abraços

IP LogadoMensagem Anterior
 Todos os horários são de Brasília (GMT -03:00)
 Nova Mensagem desde a sua Última Visita.
[***] Palavra proibida pelo moderador do Grupo de Discussão

Tópico AnteriorTópico Anterior - Próximo TópicoPróximo Tópico

Volta para o Topo da Página



Forum Now! - Criar seu forum grátis