O QUE DEVE SER ENSINADO AOS MUZENZAS?
 PROGRAMA NOS CAMINHOS DE NZAMBI
 NOS CAMINHOS DE NZAMBI
 Candomblé de Angola/Kongo
 O QUE DEVE SER ENSINADO AOS MUZENZAS?
  Registrar   Ajuda   Login

Tópico AnteriorTópico Anterior - Próximo TópicoPróximo Tópico
Tópico com 2599 visitas e 12 mensagens
Autor
Tópico: O QUE DEVE SER ENSINADO AOS MUZENZAS?
Dandarê
Membro Pleno

Postagens: 210
Registro: 19/07/2005
Local: Salvador -Bahia - BA - BrasilSexo Feminino
 Postado em 03/03/2006 8:56:00 PM

Mokoiu mano Kambami

Mano vamos analisar o que vc diz:
"(1)Como saber quais casas, e por quem seriam observadas?Creio que para solucionar tal problema, deveriamos ter como (2)um lider de Nação Angola, um presidente nacional, e somente esse poderia endossar uma obrigação um cargo ou uma feitura.
Pois uma vez iniciado o Munzenza, se não lhe foi dado o que deveria de direito, o mesmo não seria confirmado(3) assim evitaria o correr para o Ketu, onde tudo é as claras, ou ainda que continuasse a milongagem, enchendo a cidade de casas que abrem, penduram um quadro com a foto do fundador e fecham depois de alguns anos.
(4) Como seria essa verificação, como seria essa união, onde vemos cada qual dizer:"quem sabe sou eu"


Com relação ao número (1): Saber-se-á quais as casas que trabalham certas mano, pelos resultados... sempre não foi assim? quem julgará, será a sociedade que usufrui dos trabalhos, a clientela. A diferença é que agora, a sociedade tem uma Instituição e um Código de Ética aos quais os faltosos serão "enquadrados". Mas ambos só terão força se nós lhes dermos essa força. É preciso manter contato, se fazer presente, buscar, procurar. Na verdade nós não temos essa cultura, mas é preciso forjá-la.

Com relação ao numero (2), particularmente mano, não gosto de papas, nem de presidentes, nem de chefes.... mas... numa terra onde muita gente só trabalha porque existe polícia, e numa religião onde muitos Zeladores "mandam" mais do que os Minkicis, sou obrigada a adimitir a importancia de uma LIDERANÇA para poder colocar "cada simio na ramificação arbórea que lhe compete", ou em linguagem menos pedante: cada macaco no seu galho...rsrsrsrsr.

Essas lideranças ( não Chefes), deverão surgir dentro de cada Instituição juridicamente implantada. Trabalharão em consonancia com as Comissões de cada Terreiro. Desta maneira cada casa, cada raiz continuará com o seu livre arbitrio para cumprir o que é certo. Sempre haverá alguém para lembrar que "o direito dele(a) como Dirigente termina quando começa o direito do outro. Naturalmente aqueles que se sentirem prejudicados irão "procurar seus direitos" junto a essas Instituições Estaduais. Portanto não há necessidade de ficar de plantão.

Muita gente vai dizer: onde já se viu política dentro do Candomblé? Bem... quem tiver uma idéia melhor que se manifeste, porque o Código JÁ É UMA REALIDADE... ou será que vamos permitir, MAIS UMA VEZ que os nagôs façam tudo e mais na frente vamos ficar "chorando, se isentando, acusando os mais velhos ou dizendo onde foi que eu errei?"

Com relação ao número (3)... finalmente alguém que concorda comigo quando digo que a literatura dos Ketus está aí nas prateleiras das Livrarias e que nem por isso eles temem que se vulgarize os seus fundamentos... por que serà??? ora minha gente, kussaka (ebó) sem hamba, sem axé é simpatia, não é kussaca. Para mim é o mesmo que "acaçá de pia"... (faz-se a mukunga e coloca as colheradas quentes em cima do mármore da pia, quando esfria vai "jogar" nos pés do , santo)... rsrsrsrsr. Alguém ensinou a fazer o acaçá, mas não lhe deu os fundamentos ...As apostilas ensinando a fazer axexé estão aí custando 200,00 ... quem é doido???está tudo lá, ensinando as "condições normais" e se de repente o egum não quiser ir embora???? não vi a resposta em nenhuma apostila (eu faço coleção de barbaridades... aí estou colecionando apostilas de feituras, de sassanhas etc... etc...)

Com relação ao número (4):... Mano a verificação será feita por quem ensinou ao Muzenza e demais mais velhos do Terreiro (se houver) ou algum parente. Contanto que se forme uma Comissão do Terreiro, é o que está dito lá. Eu, você Toindé, Ilma... enfim todos os manos que fazem parte da sociedade candomblencista angoleiro temos a responsabilidade de observar os resultados... NOTICIA RUIM CORRE LOGO... SE O MUZENZA NÃO CONHECE OS FUNDAMENTOS DE SUA CASA E DÃO A ELE(A) CARGO DE ZELADOR, mais cedo ou mais tarde, no minimo ele vai tropeçar. Cabe ao prejudicado denunciar. Ninguém vai dizer "quem sabe sou eu"... A Instituição, FENACAB ou outra qualquer, vai "apurar os fatos"; a depender do delito cometido se formará uma, ou várias Comissões...

Quem "criou" o Código foi a sociedade candomblecista; quem coordenou a primeira versão foram os Ketus, já existe uma segunda versão e com certeza outras virão até atender a todos.

É o que penso mano. Vamos atender tambem ao assunto do tópico, não é? Mas é isso mesmo... uma coisa puxa outra

Aqui em Salvador, já temos outra instituição que trabalha pelos angoleiros, a ACBANTU. A mana Ilma pode nos dar informações a respeito. Aguardo mana.

Fiquem em Paz

Dandarê

IP LogadoPágina AnteriorPróxima Mensagem
KAMBAMI
Membro Iniciante

Postagens: 40
Registro: 07/01/2006
Local: Rio de Janeiro - RJ - Brasil
Idade: 58 anosSexo Masculino
 Postado em 11/03/2006 1:43:00 PM

Makuiu grupo

Muito bem colocado, vamos aguardar mais participações, afinal nosso forum se assim me permite Tata Toindé, fala sobre nossos anceios, sobre nosssas dúvidas, sobre nossa cultura, e como diz o provérbio Bantu.

"Kené tumba, kene samba"
Sem parente, sem aliado

Kandandu
Kambami

IP LogadoMensagem Anterior
 Todos os horários são de Brasília (GMT -03:00)
 Nova Mensagem desde a sua Última Visita.
[***] Palavra proibida pelo moderador do Grupo de Discussão
Páginas: 1 2
Tópico AnteriorTópico Anterior - Próximo TópicoPróximo Tópico

Volta para o Topo da Página



Forum Now! - Criar seu forum grátis