Pintura no munzenza.
 PROGRAMA NOS CAMINHOS DE NZAMBI
 NOS CAMINHOS DE NZAMBI
 Candomblé de Angola/Kongo
 Pintura no munzenza.
  Registrar   Ajuda   Login

Tópico AnteriorTópico Anterior - Próximo TópicoPróximo Tópico
Tópico com 2466 visitas e 9 mensagens
Autor
Tópico: Pintura no munzenza.
Tata Toindé
Membro Pleno

Postagens: 239
Registro: 20/03/2005
Local: RIO DE JANEIRO - RJ - Brasil
Idade: 39 anosSexo Masculino
 Postado em 27/09/2005 1:44:00 PM

Caros amigos....

Em minha raiz, na saída do munzenza, a primeira o munzenza tem a cabeça toda pintada de branco e na segunda toda de azul....

qual seria manos, o significado da pintura feita no munzenza????

Kandandu

IP LogadoPróxima Mensagem
KAMBAMI
Membro Iniciante

Postagens: 40
Registro: 07/01/2006
Local: Rio de Janeiro - RJ - Brasil
Idade: 58 anosSexo Masculino
 Postado em 15/01/2006 10:08:00 AM

Makuiu Tata Toindé, e aos mais velhos
Aprendi não sei se é o certo, pois ainda estamos resgatando muita coisa que Rui Barbosa queimou.
Acredito eu, e assim fui ensinado que a cruz que nos é pintada, é referente a ligação entre a terra, deus(Nzambi), céu e ancestrais, é como se fosse um juramento.
Lembro ainda que fiquei em pé, em uma pintura feita no chão, onde também existiam alguns elementos, mas não fiquei muito tempo acordado, logo o pouco que sei foi o que me passaram, ou podiam, apesar disso, a minha saida foi dentro da nzo somente para os Jipanges, com o adoxo e o Nkici deu seu nome, mas ai tem um probleminha, minha casa passava por problemas de ordem Hierarquicas e assim fizeram depois(2 dias) a tal saida, que foi falsa, pois eu já tinha saido e ai sai com uma pintura Ketu.
Aqui é difícil explicar, mas sabe que nem todaas as casas tem uma raiz pura, no caso a minha era bem misturada em alguns rituais ao ponto de se cantar em Yoruba.
Sei também que tal pintura significa a marca da Nação, como as curas que no meu caso, não ficaram marcadas.
Como o Sr descreve a minha foto de saída também é a cabeça toda pintada de azul, se tiver como eu envio para que veja, seria interesante, é só me dizer como ou me passar seu e-mail.
Fico tranquilo em me abrir aqui no forum, pois sei que aqui não há o desrespeito, e sim a troca, o resgate.
Tenho lido as postagem e confesso que estou emocionado, era ezatamente isso que eu procurava na Net, um lugar onde podessemos falar sem ser agredido.
Parabéns.
Kandandu
Kambami


IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Tata Toindé
Membro Pleno

Postagens: 239
Registro: 20/03/2005
Local: RIO DE JANEIRO - RJ - Brasil
Idade: 39 anosSexo Masculino
 Postado em 15/01/2006 6:37:00 PM

Obrigado mano kambami e é muito bom que estajas conosco nesta busca.
Em relação às misturas com outras nações, não se preocupe pois em minha casa tb sofremos muitas misturase mesmo assim carregamos o nome de nossa nação.
O resgate tem sido proveitoso mas só podemos dar aquilo que recebemos. Só podemos praticar o que foi vivenciado. Por isso, aqui tentaremos sempre resgatar, mas com o objetivo de falar sobre a nação de Angola real, ou seja, aquela que realmente é praticada em cada casa. Cada um traz sua experiencia e assim crescemos juntos.
É muito bom saber que estás feliz conosco.
bom...

meu e-mail é discarlox@yahoo.com.br

tenho certeza que fará muitos amigos por aki.
jindandu

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Tata Toindé
Membro Pleno

Postagens: 239
Registro: 20/03/2005
Local: RIO DE JANEIRO - RJ - Brasil
Idade: 39 anosSexo Masculino
 Postado em 21/01/2006 10:29:00 PM

Bom amigos....... Mukuiú......

pesquisando pela net, encontrei um site que fala um pouco sobre pintura feita no iniciado.
O mesmo explica o porquê da pintura segundo a filosofia yorubá.
O texto pertence a página http://www.maemartadeoba.com.br/orixas%20mitos%20e%20lendas/cultura%20afro.htm

Mas trarei o texto que refere-se ao assunto:

A IMPORTÂNCIA DAS PINTURAS

Três elementos são utilizados nas casas de Candomblé, para diversas finalidades e são essenciais pela ação de proteção que exercem: Osun, Efun e Waji.

Osun e Waji são elementos vegetais e Efun é mineral. Todos são transformados em pó para preparar pintura, principalmente, a pintura do ori de iyawos, ou seja, das pessoas que se iniciam no Candomblé.

Osun, Efun e Waji servem aí para proteção da cabeça do iyawo, contra os efeitos negativos das ajé da sociedade das iyami. Isso porque, os pássaros enviados pelas ajé costumam pousar com as asas abertas sobre as cabeças das pessoas. Quando isso acontece, todo o mal fica nessas pessoas. Daí o procedimento de se pintar o iyawo.

Outra forma de se proteger das yamin é passar a mão constantemente pela cabeça, no intuito de impedir o pouso dos pássaros maus e que são denominados de eleye.

Portanto, vale ressaltar a importância da pintura de iyawo com esses elementos Osun, Efun e Waji, pois os mesmos neutralizam a cólera das yamins.


Bom amigos, no caso de nossa Angola, o munzenza tb sai pintado.

Teríamos em nossa cultura uma explicação para o mesmo, ou herdamos este ritual de outra cultura??

E se herdamos, como lidar com o fato de pintarmos um munzenza para protegê-lo de entidades que não cultuamos??

Kandandu

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
KAMBAMI
Membro Iniciante

Postagens: 40
Registro: 07/01/2006
Local: Rio de Janeiro - RJ - Brasil
Idade: 58 anosSexo Masculino
 Postado em 23/01/2006 10:21:00 PM

Makuiu Dandarê

Gostaria de entender apenas uma coisa.
Se a ave que nos dá a pena de Ekodide, é o conhecido Papagaio do Kongo, um papaguaio cinza com pequenas penas vermelhas na cauda.
Pergunta:
Se é Papaguaio do kongo, é Bantu, certo, então porque não conhecemos o nome de sua pena em nossa nzu, só usando o nome Yoruba Ekodide?

Aprendi também que seu simbolo é porque esse animal tem a capacidade acima do normal de falar, ou seja, fala mais que o papaguaio verde que conhecemos aqui no Brasil, e estaria ligado exatamente a voz do Nkici(Orunko).É verdadeiro?

Kandandu
Kambami


IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Tata Toindé
Membro Pleno

Postagens: 239
Registro: 20/03/2005
Local: RIO DE JANEIRO - RJ - Brasil
Idade: 39 anosSexo Masculino
 Postado em 26/01/2006 9:29:00 AM

Caro mano....

Mukuiú....

infelizmente, tais dúvidas não tenho como responder por não possuir tais conhecimentos, mas junto-me a ti e aguardo a participação dos manos neste tópico.

APROVEITO PARA CHAMAR A ATENÇÃO DOS MANOS, TEMOS 51 MANOS CADASTRADOS E MENOS DE 10 PARTICIPANDO

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Dandarê
Membro Pleno

Postagens: 210
Registro: 19/07/2005
Local: Salvador -Bahia - BA - BrasilSexo Feminino
 Postado em 26/01/2006 10:03:00 PM

Vaana Mbote jipangi

Vejam o que consegui...

A pena vermelha, para NÓS ANGOLEIROS, a KURUPIRA, pena da arara africana chamada Akan, para os Ketu "ekodide", que os Muzenza e os Elegun carregam em suas cabeças, simbolizam realeza, honra, status adquirido pelo fato de ele ter se iniciado para ser um novo sacerdote dedicado ao culto daquele Nkici ou Orisa.

Dentre os Papagaios mais populares do mundo temos o Papagaio Verdadeiro ou Baiano (Amazona aestiva), o Papagaio do Congo (Psittacus erithacus), o Papagaio-do-peito-roxo (Amazona vinacea), o Papagaio-do-mangue (Amazona amazonas), o Papagaio-campeiro (Amazona ochrocephala), o Papagaio-galego (Amazona xanthops) e o Papagaio-de-cara-roxa (Amazona brasiliensis).

O Psittacus erithacus é conhecido com os seguintes nomes: Papagaio-cinza-da-áfrica , papagaio do-congo , jacó e papagaio da costa, por se encontrar em toda costa africana, E NÃO APENAS NO CONGO.

Por outro lado, o (Amazona erithacus) é também conhecido como papagaio do congo.

Entre as culturas Bantu da África Central, sobretudo nas etnias Cokwe, Lwena, Lucazi, Lunda, Ndembu, Ovimbundu, Ngangela, Lwimbi, Nyemba e Rotse, a adivinhação é uma constante. Para intervir em seus problemas, os iniciados (o ADIVINHO, o CURANDEIRO e o FEITICEIRO) passam por ritos de passagem, em cujas etapas usarão máscaras ou terão os seus rostos pintados sendo que na parte superior da cabeça, serão colocados, bem grudadinhos, ntumbos (pozinhos mágicos) misturados à cera de abelha, onde se dá formas diversas : ou simples protuberâncias sobre a moleira, ou bola esparramada na cabeça, ou diademas, sempre enfeitados com penas brancas ou vermelhas. Eu observei nas figuras e tais penas parecem de aves comuns, talvez domésticas, talvez selvagens.

Além de símbolo de iniciação, grau do iniciado, sinal de luto, ou símbolo de realeza, a pena vermelha também pode ser peça do cesto do Advinho no NGOMBO. Neste caso usa-se a pena vermelha de um pássaro chamado nduwa, significando problemas relacionados com os mortos.

Eu encontrei numa descrição do ritual da circuncisão, a hora da apresentação do iniciado mascarado como MAMPANA :

Mampana ntuluku ngó,
Bavuluka mu iluli vi lala zisusu,
Kuiza bonga susu bakala buingi mungonde utula va mbulu.


Tradução: O Mampana é danado como o leopardo, tratou de entrar na capoeira
Para apanhar um galo e tirar-lhe uma pena da cauda para colocar na testa.
Por isso se apresenta com uma pena no alto, na fronte da máscara.

Encontrei ainda, numa descrição da cerimônia de apresentação do recém nascido:

“Tudo preparado para a cerimônia, Mbenza, Malazi e todos os outros curandeiros-feiticeiros entram na casa onde se encontra a mulher com o filho. Este é pintado com tukula e são-lhe amarrados vários fios e missangas à cinta, peito, pescoço, etc. Na testa, uma fita prende uma pena vermelha da cauda de um papagaio e uma outra de galinha do mato.

Em outro ritual da circuncisão, entre os Tchockwue e Yaka, encontrei:

Das máscaras usadas no interior do recinto da circuncisão fazem parte àquelas que Mário Milheiros classifica enquanto muquixes Cosso ou muquixes vulgares (M. Milheiros, Notas de Etnografia Angolana, Inst. de Inv. Cient. de Angola, Luanda 1967, pp. 135-136).
Este autor enumera quatro muquixes ditos vulgares, entre eles:

• o Maiamba, mãe dos circuncidados, com traços caricaturais de cor branca e uma corda em volta da cabeça prendendo diversas penas de pássaros;

Não obstante caríssimos manos Kambami, Toindé e demais manos interessados, no Candomblé o uso da pena vermelha do ODIDÉ, O PÁSSARO DE OXUM, é uma das provas da milonga, porém, se aprofundarmos nos detalhes, não está claro “quem legou pra quem”, não é verdade? Certo é que em todas as nações de candomblé usa-se uma pena vermelha amarrada pela palha da costa

Seguramente a cor branco é usado "para atrair bons fluídos" e para indicar poder de comunicação com o mundo invisível, enquanto a cor vermelho "para afastar os maus espíritos". Inclusive, eles usam os pós pêmbe ou txissango,(pemba), na cor branca (mundele) e tukula ou ucussa (vermelho), pintando todo o corpo.

Vamos aguardar outros esclarecimentos.

FIQUEM EM PAZ

DANDARÊ


IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
KAMBAMI
Membro Iniciante

Postagens: 40
Registro: 07/01/2006
Local: Rio de Janeiro - RJ - Brasil
Idade: 58 anosSexo Masculino
 Postado em 25/02/2006 6:53:00 PM

Makuiu forum

Ainda relendo para melhor entendimento e exclarecimento mana, percebo que cita 4 cores ao invés de 3, acho até interesante, mas confesso, que desconhecia, pois aprendi que as cores seriam só 3, o Azul, Vermelho e Branco, relacionados as cores predominantes de Pambonjila, pois entedemos que ele seria o único a dominar e se relacionar a todos os espaços, seria o mensageiro, e se não me engano, li em um artigo algo sobre a cultura bantu que nos relacionava a ele da seguinte forma a qual descrevo com minhas palavras e não como estava escrito, mas lembro bem e vou encurtar a estória.
Pambunjila queria o poder de vir até a terra, mas foi dado a ele apenas os elementos de criação não o sopro divino que ficou com Nzambi, logo ele fez o homem, mas pela falta do sopro da vida não tinha como sustentar a vida do mesmo, então ele também foi ficando fraco, e se valia do sangue humano para não morrer, até que foi chamdo ao duilo para se ater com Nzambi, e prestar esclarecimento, foi chamado a atenção e Nzambi mandou todos os Nkici para a terra, Pambunjila ficou triste mas como todos os Nkici disseram a Nzambi que a terra repovoada por ele estava linda, Nzambi le perduou, mas lhe deu a sentença de que para poder obter seu poder, sempre que tivesse que resolver algo deveria receber o sangue no sacrifício.(acho que a estória é mais ou menos assim).
Logo deduzimos que na realidade quem nos criou foi Pambunjila e por esse motivo levariamos apenas 3 cores e não quatro.

kandandu
Kambami

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Dandarê
Membro Pleno

Postagens: 210
Registro: 19/07/2005
Local: Salvador -Bahia - BA - BrasilSexo Feminino
 Postado em 19/04/2006 4:10:00 PM

MANO, NA HORA DE RASPAR, CATULAR E PINTAR SEGUIDOS DOS MAIORES FUNDAMENTOS DE FEITURA,PREVALECE O QUE PAI OU MÃE NOS ENSINOU, POIS É AÍ QUE ESTÁ O HAMBA, O NGUZU NÃO É VERDADE?

NA MINA CASA, HÁ UMA SAIDA TODA DE BRANCO, DUAS SAÍDAS COM ESTAMPADO E PINTURA COM AS CORES DE TODOS OS MINKICI SENDO UMA DELAS COM A KUTUNDA RODEADA PELO WAGI NO MUTUÉ, EXCETO QUANDO O MUZENZA É DE UM DETERMINADO NKICI...AÍ NÃO SE PINTA COM O WAGI. POR FIM A ULTIMA SAÍDA TODA DE BRANCO EM QUE O NKICI GRITA A SUNA

DANDARÊ

IP LogadoMensagem Anterior
 Todos os horários são de Brasília (GMT -03:00)
 Nova Mensagem desde a sua Última Visita.
[***] Palavra proibida pelo moderador do Grupo de Discussão

Tópico AnteriorTópico Anterior - Próximo TópicoPróximo Tópico

Volta para o Topo da Página



Forum Now! - Criar seu forum grátis