Uafuza-Kuiza
 PROGRAMA NOS CAMINHOS DE NZAMBI
 NOS CAMINHOS DE NZAMBI
 Candomblé de Angola/Kongo
 Uafuza-Kuiza
  Registrar   Ajuda   Login

Tópico AnteriorTópico Anterior - Próximo TópicoPróximo Tópico
Tópico com 1068 visitas e 4 mensagens
Autor
Tópico: Uafuza-Kuiza
Tata Obalumbi
Membro Pleno

Postagens: 220
Registro: 19/07/2005
Local: RJ - RJ - Brasil
Idade: 28 anosSexo Masculino
 Postado em 21/08/2005 1:41:00 PM

Mokoiu a todos.
Estou postando esse tópico pq eu achio que tem jipange aqui que pode me ajudar sobre essa dúvida.
A dúvida é:
Uafuza-Kuiza para nós é o semelhante ao Abiku dos iorubanos.
Vocês tem alguma coisa, alguma informação para resgatarmos isso também???
Aguardo colaborações.

Onene KandanduTata Obalumbi

IP LogadoPróxima Mensagem
Kambondu Felipe
Membro Junior

Postagens: 61
Registro: 05/08/2005
Local: Ribeirão Pires-ABC - SP - BrasilSexo Masculino
 Postado em 04/09/2005 11:57:00 PM

Makuyu pange Obalumbi!!

A palavra Kuiza não significaria "venha". Bom é um 1° passo para decifrarmos até a trdução da palavra.
Agora Uafuza eu não sei o que significa.


Kandandu...

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
KAMBAMI
Membro Iniciante

Postagens: 40
Registro: 07/01/2006
Local: Rio de Janeiro - RJ - Brasil
Idade: 58 anosSexo Masculino
 Postado em 16/01/2006 11:51:00 PM

Makuiu Tata Obalumbi
Isso é o que tenho sobre o assunto, espero que ajude.

UAFU ZÁ-KUÍZA

UAFU ZÁ-KUÍZA (o vai e vem da morte). Para o povo Bantu a alma faz dupla com o homem, um ser com inteligência (kilunji) que encarna no corpo (ku mukutu).

O corpo nasce, morre e apodrece, enquanto a inteligência deiax o corpo no momento de expirar, é o hálito quente (muikua).

O muikua ao deixar o corpo, vai direto para o criador que está na SANZALA KASEMBE DIÁ NZAMBI (Aldeia ou Reino Encantado de Deus).

Tratando-se de muikua de criança, este será devolvido por NZAMBI, porque no Bantu só reencarnam espíritos infantis e em pessoas da família. As crianças quando morrem são enterradas com a face voltada para o Oriente, para que o sol, que todos os dias nasce, traga seu espírito o mais rápido possível, o que não acontece com os adultos, porque são enterrados com a face para o poente (reino dos mortos), para que cheguem mais rápido a SANZALA KASEMBE DIÁ NZAMBI, onde são recebidos pelo criador.

Só ficam na Sanzala Kasembe Diá Nzambi os que têm bom coração (muxima puena), seja qual for a sua condição.

Não entram na Sanzala Kasembe Diá Nzambi os que têm mau coração (muxima uaíba). Ex.: suicidas, assassinos, etc. Eles serão devolvidos e transformados em espíritos malignos. Alguns serão condenados, uma vez nascidos, a reencarnar em qualquer animal irracional. Alguns não se conformam e ingressam na sociedade (DIANDA) de UAFU ZÁ-KUÍZA.

Nesta sociedade os Uafu zá-kuíza ou UFUNJE fazem um pacto com MULUNJI MUJIMU (ventre ruim) de provocarem a morte das crianças em que encarnarem, ou seja, provocando seus próprios abortos, transformando o ventre dessas mulheres em ventre ruim.

Esses espíritos escondem-se em buracos nos troncos das árvores ( tocas - MPAKU), e quando uma mulher em fase de menstruação passa eles se infiltram no útero, e no momento da fecundação alojam-se no embrião.

Depois de muitos abortos o casal procura o 'NGANGA A NGOMBO' (adivinhador), que descobre a presença de Uafu zá-kuíza e encaminha a mulher para o KIMBANDA (feiticeiro), especialista no MUSAXi, culto específico a Uafu zá-kuíza.

Para garantir o nascimento o KIMBANDA MUSAXI e o NGANGA NGOMBO conseguem a concordância do espírito em nascer e continuar vivendo, e através de rituais descobre o dia certo em que ele iria morrer, dando-lhe um nome sugestivo e de permanência na Terra. Um nome que seja a negação da morte, que é a principal quebra desta KIJILA (abstenção), criando um novo pacto, e cortando a ligação com MULUNJI MUJIMU.

O pacto criado é para dar força ao espírito. Quando encarnado ele nascerá como qualquer criança e viverá o período normal.
Perto dos pés da cama onde a mulher dorme será assentado um NKISI TUHEMBA (Nkisi Ancestral), de aproximadamente 20cm. Esta divindade (HAMBA) pertencerá e será herdada pela família, principalmente pela pessoa que nasceu Uafu Zá-Kuíza.

Durante todo o tempo da gravidez a mulher terá amarrado ao corpo um NGOMBO e outras peças, e também um pequeno sino de nome KAGUNGA, no lado esquerdo. Tomará muitos banhos na barriga e no corpo, pemba e MUKUNDU (pós sagrados).

Ao nascer coloca-se sinos amarrados com pele nos tornozelos, e é feita uma infusão no seu corpo, introduzindo MAFU (pó sagrado) e colocando este mesmo pó dentro do KAPURI, que será colocado no pescoço da criança e usado até a idade em que possa entender as pessoas, até nascer outro irmão.

Este espírito que no passado não chegou a NZAMBI, terá nova chance de ser eleito, de merecer, ou então estará perdido, voltará a encarnar em animais ou será devorado por MUJIMU, que certamente cobrará o pacto não cumprido.


Para isso faz 4 encantos, que são o EBULIN,IMBUIN,ISSASSERIN,APAN.
Quanto a como se prossede tais encantamentos e como se trata de ensinamento dado por meu Tata, não sei se poderia passa-lo.

Kandandu
kambami

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Dandarê
Membro Pleno

Postagens: 210
Registro: 19/07/2005
Local: Salvador -Bahia - BA - BrasilSexo Feminino
 Postado em 21/01/2006 1:14:00 PM

Vaana mbote

Prezado mano Kambami, se decidir passar a informação, passe para Kotas, Tatas, Tat´etus ou Mam´etus, via msn privado ou e-mail para evitar a banalização do assunto entre os menos graduados.

Eu defendo a idéia que informações escritas, livros, etc... não carregam axé= hamba; portanto quem se arriscar a fazer por simples informações, sem a competencia dos devidos ritos de passagem que o autorizam a realizar o ato, com certeza terá resultados dramáticos.

De minha parte gostaria de obter tal informação, porque já vi fazer no Candomblé de Angola, porém com todos os materiais exigidos para um ritual Ketu de despachar Abikú, ou seja, fazer um pacto para que deixem a pessoa em paz.

Como a descoberta do pacto é algo difícil, sempre próximo ao dia do aniversário da criança e até que esta complete 19 anos, ou pelo prazo que o Ifá determinar, devem ser feitas oferendas nos locais sacralizados, acompanhadas ou não de Ebó à Egbe Eleriko. Para Òrìsà Egbe se colocam, em uma grande cabaça, os seguintes materiais: Ovos; Acaçá; Inhame; Akara; Eba; cana-de-açúcar; Obi; Éerù, Ekodidé; Bananas; tronco de bananeira; couro de bode; Àádun; Doces - em um número de 1 ou 6. Esta cabaça é fechada, colocada em um saco e solta num rio, com acompanhamento de rezas e cantigas.

Na casa de meu Zelador eu nunca presenciei e tenho apenas o conhecimento a mim passado oralmente por ele e sei que não se trata dos encantamentos citados pelo Senhor. No meu barco eu tive um irmão para o qual teve que ser feito os rituais de uafuza kuizaa, mas logicamente que não poderia ter participado.

Não se esqueça, se decidir, estou na fila.

Dandarê



IP LogadoMensagem Anterior
 Todos os horários são de Brasília (GMT -03:00)
 Nova Mensagem desde a sua Última Visita.
[***] Palavra proibida pelo moderador do Grupo de Discussão

Tópico AnteriorTópico Anterior - Próximo TópicoPróximo Tópico

Volta para o Topo da Página



Forum Now! - Criar seu forum grátis