IGBÁ ORY
 PROGRAMA NOS CAMINHOS DE NZAMBI
 NOS CAMINHOS DE NZAMBI
 Candomblé
 IGBÁ ORY
  Registrar   Ajuda   Login

Tópico AnteriorTópico Anterior - Próximo TópicoPróximo Tópico
Tópico com 1967 visitas e 9 mensagens
Autor
Tópico: IGBÁ ORY
Tata Jambonan
Membro Junior

Postagens: 78
Registro: 12/07/2005
Local: Belford-Roxo - RJ - Brasil
Idade: 53 anosSexo não informado
 Postado em 18/08/2005 8:29:00 PM

MUKUIU JIPANGI

O IGBÀ ORY seria um rito Yorubano?


Será que o teriamos um nome similar? Como por ex: Obory=kibane mutuê.

Ou irá ser uma alusão se fizermos a tradução para Bantu, ou Kibundo?

Caso a resposta seje negativa, gostaria de saber se uma pessoa de keto, ou Jeje, passar para o Angola, deve se desfazer do seu IGBÁ ORY, ou continuar zelando???

Se desfizer, estaria desfazendo o acentamento de seu ory ???

Se continuar, estaria misturando culturas, e implantando coisas inerentes a Angola???

Gente, espero que a falta de tempo não vire resposta para a não postagem nos tópicos, aqui não somos donos das verdades absolutas, apenas trocamos opiniões, e expomos nossas dulvidas.


Lami mujitu e kioso, Tata Jambonan.

IP LogadoPróxima Mensagem
Makota Lembanilé
Membro Junior

Postagens: 74
Registro: 21/03/2005
Local: RIO DE JANEIRO - RJ - Brasil
Idade: 41 anosSexo Feminino
 Postado em 18/08/2005 9:44:00 PM

Mano

Mukuiú

Não sei ainda a respeito da existência de uma outra denominação. Mas, creio que se desfazer não serio o correto. Acho que todos os inúmero caminhos levam ao mesmo fim: a busca pelo religamento entre o sagrado (jinkises) e o profano (nós...), a eterna busca pelo desconhecido.

Tenho um conhecido que era de Umbanda e mudou as águas para o Ketu, porém se negou a "despachar" os assentamentos umbandistas que possui. E continua a zelar por eles também... trabalho multiplicado...



IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Tata Jambonan
Membro Junior

Postagens: 78
Registro: 12/07/2005
Local: Belford-Roxo - RJ - Brasil
Idade: 53 anosSexo não informado
 Postado em 11/09/2005 4:15:00 PM

Mukuiu jipangi.

Concordo que muitos não conhecem o que seria Igbá Ory, mesmo não conhecendo poderiam opnar quanto a alusão, e milonga, por ser tratar de um ritual de outra nação.

Postem, mande suas opniões, vamos espôr nossos pontos de vista.




Lami mujitu e kioso, Jambonan.

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Dandarê
Membro Pleno

Postagens: 210
Registro: 19/07/2005
Local: Salvador -Bahia - BA - BrasilSexo Feminino
 Postado em 16/09/2005 1:59:00 PM

ATUALIZANDO

MODERADOR

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Tata Otuajô
Membro Iniciante

Postagens: 18
Registro: 05/08/2005
Local: Rio de Janeiro - RJ - Brasil
Idade: 61 anosSexo Masculino
 Postado em 25/10/2005 11:51:00 AM


Caro Tata Jambonan

Meu pedido de mukuiu.

O Ibá Ori (forma aportuguesada) é uma das milongas ou felizes milongas que temos em nossos cultos. O "assentamento da cabeça" é um dos presentes e legados deixados por nações co-irmãs, a exemplo do rungebe ou rungeve.

No Angola não temos o ritual específico para a elaboração do Ibá Ori, mas pergunto qual a casa de Angola que hoje não tem esses assentos montados? Acredito que muito poucas.

Um abraço.





IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Dandarê
Membro Pleno

Postagens: 210
Registro: 19/07/2005
Local: Salvador -Bahia - BA - BrasilSexo Feminino
 Postado em 29/10/2005 10:10:00 AM

Respeitáveis Tatas

Em nosso unzó chamamos de ibá a bacia com os pratos e a terrina onde fica o otá (a pedra) do assentamento do(a) dono(a) do mutuê. É sobre isso que estão falando não é?

Dandarê

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
D´Oxá
Membro Iniciante

Postagens: 15
Registro: 23/08/2005
Local: Belém - PE - Brasil
Idade: 58 anosSexo Masculino
 Postado em 04/11/2005 4:20:00 PM

Mukuiu. a todos.
Muteê Ndimba - (Cabeça Doce). relacionado à Kaia. Porcelana da Sorte. Assento geralmente feito em uma Bomboniere. O primeiro que é feito quando da inciação dos neofitos.
D´Oxá.

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Kambondu Felipe
Membro Junior

Postagens: 61
Registro: 05/08/2005
Local: Ribeirão Pires-ABC - SP - BrasilSexo Masculino
 Postado em 22/11/2005 6:35:00 AM

Mokoyu makamba.

Bom gostaria de fazer uma pergunta relacionada a colocação do nobre Tat'etu riá Nkisi Otuajo, Tata o uso do Humgebe, posso até lhe dizer o porque a familia do Tumba Junsara usa, creio que o senhor saiba também, não levem a mal minha colocação mas não sei o porque Bate Folha e Tombeisi usam, não digo todas as pessoas dessas ndanji, mas já vi algumas usando e também não sei o porque pessoas de ketu usam Humgebe, mas voltando ao assunto, o Humgebe foi um presente no qual se não me falha memória Tat'etu riá Nkisi Lundyamungongo (Mokoyu) recebeu de um Doté de Jeje, então este é o motivo da familia Tumba Junsara usar o Humgebe, mas gostaria de saber uma coisa, Tata Otuajo será que o senhor saberia nos informar se alguma pessoa do Angola deu obrigação em uma nação que assenta Ibá Ori, por isso nós adquirimos estes fundamentos, ou apenas foi passado isto ao povo do Angola, sem que nenhum Tat'etu ou Mam'etu tomasse esta obrigação??

Com relação ao Humgebe vou entrar em contato com um kamba para que este possa me passar algumas informações mais precisas sobre o Humgebe dentro do Angola.


Tatschi Ngunzu...

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Tata Jambonan
Membro Junior

Postagens: 78
Registro: 12/07/2005
Local: Belford-Roxo - RJ - Brasil
Idade: 53 anosSexo não informado
 Postado em 23/11/2005 3:57:00 PM

Mukuiu jipangi.

Mukuiu caro Tata Otuajô, compreendo e concordo com o senhor, realmente muitas casas o fazem, mais poucas adimitem terem, por ser mais uma milonga, e com o resgate, muitos estão deixando de cantar muibus milongadas na sala, mais o que posso acompanhar, essas mesmas casas cantam e rezam muita milonga dentro do gondozemo, pois lá o povão não esta vendo, e não podem sair falando que estão na mistura,( o que eu acho pura ipocresia ).
Acho o resgate de suma importância, para com alguns pontos, mais não deicharei de fazer meus Ingorossi, nem deixarei de cantar minhas muimbús, na sala nem no gondozema, não cuspirei no prato que meus antepassados comeram, e me deram de comer, assim nasci dentro do Angola, assim passo, se não perderia a tradição dos meus mais velhos.
Já estive em sua casa e adorei, sei que faz o que eu faço na minha, sei que o senhor também não renega suas origens, e não jogou fora o que lhe foi passado, meu mais sincero mukuiu e um forte abraço, Jambonan.

*¨*¨*¨*¨*¨*¨*¨*¨*¨*¨*¨*¨*¨*¨*¨*¨*¨*¨*¨*¨*¨*¨*¨*

Mukuiu mana Dandarê, talvez voce não conheça o IGBÁ ORY, é um acentamento de origem Yorubá, feito para a cabeça do iniciado, onde levam varios componentes, e pode ser feito em uma tijela, bomboniere, e mais comum que tenho visto em sopeira de porcelana, ( não o é, mais seria como se fosse um acentamento do anjo da guada ) não envolve o santo do iniciado é um fortalecimento para o ORY, feito antes de qualquer iniciação para o santo.
OBS.
Pelo menos assim foi me explicado, se existe outra explicação, desconheço, como o Tata Otuajô mesmo disse, muitas casas de Angola o fazem, outras não, é uma milonga, mais fazemos tantas milongas e não tiramos, aliais nem tem como tirar, veja por exemplo o adoxú, tive conhecimento que é uma milonga, muitos do Angola o fazem, outros não, e tantas outras coisas que são milongadas que hoje em dia ficaria impossivel subtrair de nosso culto.

Na minha concepção, a milonga começou nas sensalas, com a mistura de escravos te todas Nações, creio que em Terra Brasilis, seria muita pretenção alguém diser que é puro.
Vejo casa que se julgam puras dando festa para caboclos, catiços, etc ... ,os que não fazem seus parentes o faz, seus antepassados fizeram, somos misigenados, eu adoro uma cantiga de caboclo onde diz assim:

Meu pai é Brasileiro,
Minha mãe é Brasileira,
Se eu nasci foi no Brasil,
Minha gente o que que eu sou ?
Eu sou Brasileiro, Brasileiro sim senhor,
Eu sou Brasileiro, Brasileiro Imprerador.

Mana isso não é para ofender ninguém, apenas me orgulho de ser milongado, e não condeno ninguém, jamais poderei julgar algo como certo ou errado, apenas faço o que me foi passado, o que aprendi, o que me foi delegado, adoro o resgate, mais não sou a favor das invencionices, ou pegar uma coisa de outra nação é trocar o nome para o bantu, e afirmar sendo do Angola, não condeno quem faça, só não aceito em minha casa.
Não é a verdade absoluta, é apenas a minha verdade, um forte abraço, Jambonan.

IP LogadoMensagem Anterior
 Todos os horários são de Brasília (GMT -03:00)
 Nova Mensagem desde a sua Última Visita.
[***] Palavra proibida pelo moderador do Grupo de Discussão

Tópico AnteriorTópico Anterior - Próximo TópicoPróximo Tópico

Volta para o Topo da Página



Forum Now! - Criar seu forum grátis