Rigidez
 PROGRAMA NOS CAMINHOS DE NZAMBI
 NOS CAMINHOS DE NZAMBI
 Candomblé
 Rigidez
  Registrar   Ajuda   Login

Tópico AnteriorTópico Anterior - Próximo TópicoPróximo Tópico
Tópico com 1888 visitas e 14 mensagens
Autor
Tópico: Rigidez
Tata Jambonan
Membro Junior

Postagens: 78
Registro: 12/07/2005
Local: Belford-Roxo - RJ - Brasil
Idade: 53 anosSexo não informado
 Postado em 28/07/2005 7:12:00 PM

Mukuiu a todos.

Manas concordo tbm com voces, mais se sua filha trabalha na UTI NEO NATAL, ela ficaria em casa 3 meses, ou trabalharia de migui?
Se um filho que é CIRURGIÃO CARDIO VASCULAR, Chefe de um setor de cirurgia, ele fica em casa 3 meses, ou trabalha de migui?

Em ambos casos, recorro ao jogo e pergunto ao Nkise o que posso fazer pelo filho, mais se o Nkise me diz que ele deve tirar o migui,e ir trabalhar, ou trbalhar com ele, não serei eu a contestar suas decisões, pois temos que salvar vidas na religião, e na vida civil, cada um com seu carma, presensiei uma pessoa de migui que fez um parto de emergencia, pois sua acompanhante no momento exato do parto estava só, não teve impecilio nenhum com o Nkise, pois quando passou o caso e o muzenza retornou a sua Inzo, no jogo o Nkisi aprovou seu ato de ajudar um novo ser vir ao mundo.

Por isso já se diz: Nkise não é receita de bolo.

Para mim a folha foi posta fesca, para um outro igualsinho, a folha foi posta seca. O Nkisi assim determinou, eu respeito acima de tudo o que ele me ordena.

Mesmo assim respeito suas opniões e individualidades de pensamentos e atos, concordando sim em muitos casos.

Respeitosamente, Tata riá Nkiki Jambonan.

IP LogadoPágina AnteriorPróxima Mensagem
Tata Toindé
Membro Pleno

Postagens: 239
Registro: 20/03/2005
Local: RIO DE JANEIRO - RJ - Brasil
Idade: 39 anosSexo Masculino
 Postado em 28/07/2005 11:36:00 PM

è isso que é mais bonito em nossa cultura...
Não dá pra generalizar um caso ou outro....
O ser Humano é uma construção complexa seja no que concerne à sua constituição biológica, seja no que concerne à sua constituição psicológica.
O mesmo acontece com a divindade (seja Nkise ou Orixá) pois para mim a divindade nada mais é do que a mesma energia que nos embala, só que com uma apresentação mais elevada em suas frequencias, é o que defendo na sessão "Estudo Histórico científico", pois se o grande criador (independente do nome que lhe dão) fez a criatura à sua imagem e semelhança, entendo que somos e partimos da mesma essencia.
Logo se somos complexos, o que dirá nossas divindades.
Por isso que vale a grande máxima: "Cada caso é um caso e nenhum é completamente igual ao outro".
Jindandu

IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Dandarê
Membro Pleno

Postagens: 210
Registro: 19/07/2005
Local: Salvador -Bahia - BA - BrasilSexo Feminino
 Postado em 14/09/2005 4:21:00 PM

Mimenekenu Jipangi

Não aprovo radicalidades, porém no cumprimento dos rituais de nossa religião, é preciso vê-la como uma religião étnica (etnia africana) e de magia. Portanto, se todos sabem que os hábitos e costumes do Candomblé são diferentes dos hábitos e costumes do povo brasileiro, é preciso cuidar das impossibilidades a tempo de resolve-las. Em nossa religião, não se deve dar primazia aos hábitos e costumes ocidentais brasileiros e sim, aos hábitos e costumes daqueles que nos legaram a mesma. Se não perde o sentido, a razão de ser.

Entretanto, hoje em dia muitos rituais, muitos costumes, muita coisa já foi abandonada e muita coisa da magia ficou enfraquecida, porque se “abriu mão para viabilizar” dando prevalência à opinião dos que defendem os costumes da terra e só pensam nos problemas sem pensar nas soluções. Nkissi não pede para abrir mão de nada; ele, mais do que ninguém, sabe quem tem que vencer as adversidades que surgem para os seus mediuns!!!!

Pelo que o meu pai me conta, as mudanças que ocorreram ao longo dos anos, algumas foram justas porque eram meramente culturais e não balançaram as estruturas dos nossos fundamentos. Mas alguns ritos que umas casas fazem e outras não, só não foram repassados simplesmente por desleixo, esquecimento, comodidade, e sobretudo falta de fé.

Muitas vezes, as exigencias do(a) Zelador(a) não se trata de “rigidez” e sim de seguir os preceitos tradicionais, pois, quando são PRECEITOS DA TRADIÇÃO MESMO, o Nkissi toma a frente e o rito é realizado sem prejudicar o muzenza em nada!

Sempre houve e sempre vai haver momentos em que será necessário se constituir uma exceção . Só não devemos é fazer das exceções, regras.

É preciso ter bom senso, para somente em caso realmente muito excepcionail o(a) Zelador(a) admitir que é preciso quebrar kisila (para determinado Muzenza apenas, e não para todos); como é o caso de ter que pegar em dinheiro, por exemplo. Essa proibição é muito séria mesmo, porque o dinheiro é um tipo de energia em constante movimento e por onde passa capta as energias deletérias de toda ordem (é a mesma FISICA que ocorre quando passamos uma vela no corpo para descarrêgo; quem pega numa moeda ou numa cédula passa a sua própria energia para o dinheiro); daí como é que um Muzenza vai se expor se ainda não tem amadurecimento para se livrar imediatamente desses miasmas, dessa descarga de energias ?

Agora, mano Toindé... deixar de dar banho de kijauá nos muzenzas por causa do cheiro, não vejo razão. É sabido que se tem diversos tipos de kijauá... aqueles que criam vermes, normalmente não mais usamos para descarrego antes da feitura não, mas de qualquer forma, todos têm o cheiro ativo de folha em decomposição. Mas, é possível passar pemba branca com óleo de 7 flores, dandá ralado, melhora muito o odor. O próprio sabão da costa, quando bem feito e a base de pinho o odor do kijauá sai logo. A kisila do perfume é para não atrair entidades que gostam de perfumes, como é o caso dos eguns.

Hoje em dia com tantas facilidades de se manipular folhas desidratadas, inclusive as dos nossos santos e óleos essenciais específicos, só não fica perfumado se não quiser. E não precisa desobedecer a Tradição.

Quanto à maquiagem... é mais simples do que se pensa. Nós temos pós de pembas de todas as cores que podem ser preparadas com as folhas do santo desidratada, com algumas sementes em pó, óleos essenciais, que dão excelentes pós e cremes para maquiagens, os quais, após consulta ao Nkissi do Mutuê, o problema pode ser resolvido. Nkossi e Kavungo, as vezes são mais resistentes, porem quando se explica as razões eles hão de consentir.

A questão de sentar em cadeira para trabalhar, nós resolvemos a questão forrando a cadeira com um pano da costa. A kisila é para demonstrar que o(a) muzenza é pequeno(a), criança, grau zero na hierarquia, precisa de cuidados, de proteção e não pela cadeira em si. Se o Iniciado está fora do seu recinto, e às vezes em local onde ele é hierarquicamente superior aos demais, a sua proteção é o pano da costa.

O uso do contregum, poderá ser resolvido com o uso de uma camisa ou blusa de mangas. Em casos mais exigentes, nos resta o uso da umbigueira(uma trancinha igual a do contregum, que se coloca na cintura).

Sobre o uso de fios de contas, os meus, eu os levava para as Faculdades onde eu ensinava, enroladinhos dentro da bolsa (somente com eles) e quando chegava em casa, tomava banho e imediatamente os colocava. Fiquei um ano assim.

Com relação a uniforme escuro com decote, é o problema mais comum para nós aqui em Salvador e nunca aconteceu ter um santo que não permitisse. Agora, quando se vai para o Terreiro, é preciso passar em casa primeiro para trocar de roupa.

É como mana Jafuranga diz: “... se você respeita e tem fé no seu santo passa por tudo como se nada tivesse acontecido.”

O QUE AFASTA AS PESSOAS DE FAZEREM SEUS SANTOS PARA CUMPRIREM SUAS MISSÕES, AO MEU VER, É, SEM DÚVIDA, A FALTA DE COMPETENCIA DE ALGUNS ZELADORES, porque, mesmo que Zelador seja bruto, estúpido e ignorante, se for competente, respeitador, zelador mesmo dos Minkissi, os próprios santos jogam água na fogueira quando chegam as discussões.

Quando se vai fazer santo é preciso observar tudo o que se passa na casa que pretendemos entrar. Como são as pessoas, como se tratam entre si, como são as índoles, mas sobretudo se a casa é sólida, firme, limpa, asseada, se tem tudo o que se precisa para os rituais etc e etc...

Vamos conversar...façam as postagens

Fiquem em Paz

Dandarê



IP LogadoMensagem AnteriorPróxima Mensagem
Tata Toindé
Membro Pleno

Postagens: 239
Registro: 20/03/2005
Local: RIO DE JANEIRO - RJ - Brasil
Idade: 39 anosSexo Masculino
 Postado em 22/02/2006 8:50:00 AM

ATUALIZANDO

IP LogadoMensagem Anterior
 Todos os horários são de Brasília (GMT -03:00)
 Nova Mensagem desde a sua Última Visita.
[***] Palavra proibida pelo moderador do Grupo de Discussão
Páginas: 1 2
Tópico AnteriorTópico Anterior - Próximo TópicoPróximo Tópico

Volta para o Topo da Página



Forum Now! - Criar seu forum grátis